Um dia após o funeral da namorada, rapaz ouve ruídos no cemitério e descobre que ela foi enterrada viva!

Compartilhe

Uma adolescente chamada Neysi Perez, de 16 anos, da cidade de La Entrada, em Honduras, foi dada como morta depois de sofrer um ataque cardíaco. Foi enterrada, cercada por parentes e amigos, emocionados e perplexos com o fim trágico da moça. Mas, um dia após o sepultamento, o namorado dela, Rudy Gonzales, voltou ao cemitério para homenageá-la outra vez. Ao deixar algumas flores para ela, ouviu barulhos bem estranhos vindos de dentro da cripta. Desesperado, chamou um segurança do cemitério para ver se estava mesmo ouvindo aqueles ruídos. E o guarda confirmou!

O caso tenebroso, que chocou o mundo em 2015, completa um ano ainda cercado de mistérios, mesmo depois da investigação da polícia. Jornais hondurenhos lembraram do episódio e revelaram mais detalhes dessa história assustadora. Tabloides britânicos, como o Daily Star e o Mirror, também voltaram a contar o que ocorreu naquele enterro da garota que ainda estava viva, ocasião ainda mal explicada, de acordo com as reportagens

No dia em que o namorado e outras pessoas foram chamadas para ajudar a retirar a jovem dali, após ouvir barulhos vindos da tumba, coveiros também disseram ter se espantando ao escutar os ruídos

O namorado, aos prantos e berros, tentava tirá-la de dentro do caixão, como mostrou um vídeo amador, Neysi estava grávida do namorado. Ela sofreu o ataque cardíaco depois de acordar no meio de um incêndio.

Foi enterrada com o vestido de noiva. porque ela Iria se casar com ele,conseguiram abrir o caixão e constataram que Neysi foi realmente enterrada viva,Os ruídos que o namorado ouviu eram mesmo de Neysi

Anunciante

Ele chamou a família para o cemitério. Com a autorização dos parentes, o caixão foi aberto depois de horas — o que prejudicou o resgate e o salvamento da moça, diminuindo suas chances de ser salva após passar mais de um dia dentro do caixão. Ao abrir o caixão, notaram que o vidro estava rachado. Era Neysi, que, desesperada, batera para tentar sair dali. Tinha sido enterrada viva.

Ela foi retirada dali e levada para o hospital. Tentaram reanimá-la,Mas ela acabou não resistindo,foi, outra vez, declarada morta. E acabou enterrada no mesmo mausoléu onde tinha sido sepultada com vida. O namorado anunciou que iria entrar na Justiça contra os médicos que deram a garota como morta e disse que também iria processar os profissionais que a atenderam depois da retirada do caixão.

Os médicos, por outro lado, disseram que Neysi foi enterrada morta mesmo e que os barulhos que estavam vindo de dentro da cripta foram parte de uma atuação e uma farsa montada pelo noivo para chamar atenção, mas eles não conseguem explicar direito por que o vidro do caixão estava quebrado por dentro e como apareceu um corte na mão de Neysi…

A família quer processar os médicos: argumentam que eles erraram ao constatar a morte da garota e demoraram para atendê-la. Quem está com  a razão? Como os médicos constataram a morte de uma pessoa e a autorização do sepultamento e depois a moça tentou escapar do caixão? O mistério ainda precisa ser esclarecido

 

 

Mais Lidos: